domingo, 30 de agosto de 2009

Nesta noite

Hoje a solidão me acompanha.

Ninguém me basta, apenas ela.

Ando por alguns minutos buscando um lugar para estarmos sós.

Em um ponto de ônibus assistindo o ir e vir da cidade,

ao meu lado ela esta.

Já é noite e muitos indo para casa com aparente pressa

E eu, sem querer sair do lugar.

Quanto tempo se passou?

Fiquei ali assistindo o ir e vir de uma cidade,

e ouvindo meu silêncio e solidão ( que gritavam).

E o choro que insiste em chorar, sem tristeza,

Só o vazio.

Hoje dispenso a fumaça do cigarro

e o falso riso da caipirinha.

Nesta noite só preciso silenciar.

4 comentários:

  1. tudo que acompanha uma noite triste tem um gosto tão bom pela manhã...

    ResponderExcluir
  2. Mariana sempre chega em ksa me contando como foi o dia dela.. hj foi um dia tenso, por exemplo.
    Aí, sei lá, deu vontade de vir aqui, ler o q vc escreve...
    Foi então q eu lembrei de uma frase "não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam", do will shakespeare. Fiquei pensando q isso deve se aplicar bastante no trabalho, mas fiquei soh pensando msm pq não trabalho rs...
    Penso que já me alonguei demais...
    Espero que esteja bem...
    Beijo

    ResponderExcluir