segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Porque estou aqui?

Sempre vem a pergunta... Porque você fez um blog? Para que você
também saiba, pensei nos dois principais motivos.
Certa vez li que escrever é a arte de enterrar fantasmas, e concordo. Quando escrevo, organizo meus pensamentos e tudo fica menos difícil (quem sabe um dia fique mais fácil), enxergo de modo menos turvo o mundo que me rodeia, ou desabafo o fardo e então posso seguir a diante.
Pode ser prosa, poesia ou um texto desinforme como tal. Não busco regras gramaticais ou padrões. Escrever é solidificar um pensamento e quem sabe torná-lo uma peça encaixável neste complicado quebra-cabeça que sou eu.
Além disto, tenho uma constate companheira, eis me aqui juntamente com a solidão.
Foi ela que sempre me acompanhou, mesmo quando tenho outra companhia. Mesmo acostumada com ela tenho uma intensa necessidade de compartilhar, e hoje estou em um momento em que percebo poucos vínculos com meu passado e com amigos de verdade. Cada um tomou um rumo, conhecemos outras pessoas, outros ciclos de convivência, relacionamentos, gostos musicais diferentes, áreas de trabalho que não são interligadas, enfim... Hoje não tenho uma relação sólida, nem com o passado, nem com o presente. Vejo pessoas importantes passando por minha vida, levando boas lembranças minhas e eu delas. Meus caminhos constantemente se cruzam com outros, mas não sigo junto com ninguém.
Talvez aqui limpando meu porão, organizando idéias, compartilhando... possa eu preencher alguns espaços.

3 comentários:

  1. Parabens por isso, acho que é uma forma de se expressar bem do jeito que deseja !!! Sem ter que se importar com que vao dizer ou falar !!! Te amo muito estou com muitas saudades espero relmente que nao demora muito para te ver...pois estou querendo lhe falar!
    Mais parabens novamente pelo blog esta lindo !!! E assim sei que vou poder esta mais perto de vc. bjs

    ResponderExcluir